fx


Bem vindo(a): VISITANTE

Acesse com Facebook


 Meu carrinho (0)
Carrinho de compras vazio!
  Informações pelo WhatsApp: (11) 98634-2567

Inicial > Artigos >O uso do filtro solar diariamente mantém a pele bonita e evita câncer

O uso do filtro solar diariamente mantém a pele bonita e evita câncer



O uso do filtro solar diariamente mantém a pele bonita e evita câncer

Sol, fim de semana, clima bom e a grande ideia: vamos para praia! E é só nesse momento que muita gente lembra do filtro solar. Acontece que a pele precisa de proteção constante. A exposição diária aos raios UVBs, aqueles que penetram a camada superficial da pele, podem causar vermelhidão, ardência e até mesmo câncer de pele. O uso do protetor solar deve ser feito diariamente, com algumas reaplicações, mesmo nos dias frios de inverno, pois os raios solares estão presentes em todas as estações do ano. Além disso, raios UVAs podem causar manchas e rugas e os infravermelhos causam envelhecimento da pele.



A indústria cosmética tenta facilitar a vida das mulheres que, além do protetor solar, tem que passar a maquiagem. Hoje, por causa da obrigatoriedade do uso de filtros solares no cotidiano, algumas bases já vêm com fator de proteção solar e muitos protetores têm hidratantes, vitaminas e antioxidantes que, além de impedir a exposição ao sol, tratam a pele.

Bloqueador solar

Ele também protege a pele contra a radiação do sol, mas sua composição que contém óxido de zinco e dióxido de titânio refletem a luz solar e bloqueiam totalmente a passagem do sol na pele.

Para proteger a pele do sol e mantê-la bonita e saudável é preciso saber qual é o fator de proteção solar a ser usado, isso deve ser definido de acordo com a cor de sua pele:

Peles muito claras ou claras
A recomendação é um fator de proteção alto: 40 – 50 -60

Peles morenas
O fator 30 já proporciona uma proteção adequada.

Peles negras
Nesse caso o fator 20 é suficiente.

Como escolher o fator de proteção solar? Essa é uma dúvida frequente. Existem produtos para todos os tipos de peles:

Pele seca: o ideal são protetores solares em creme, que possuam vitaminas e ativos que nutrem e hidratam a pele.

Pele mista: a pele mista precisa de tratamentos que evitem a oleosidade. O gel-creme, neste caso, tem consistência um pouco mais aquosa e são perfeitos.

Peles oleosas: para evitar oleosidade e espinhas, a escolha deve ser por gel ou loções.

Dicas importantes:

Quantidade de aplicação: o produto deve cobrir uniformemente todas as áreas expostas ao sol e a quantidade deve ser generosa.

Reaplicação: deve ser feita meia hora antes de sair de casa, pela manhã, e ser reaplicado a cada 4 horas.

Protetor para o rosto e para o corpo: o protetor para o corpo não deve ser usado no rosto, pois a pele deste local é diferente, mais sensível e oleosa. A consistência do protetor para o rosto deve ser leve e livre de óleo (oil free).

Na praia ou piscina: quando for para o mar o fator de proteção pode ser mais alto. É preciso fazer a reaplicação depois do contato com a água ou a cada duas horas mesmo que não haja contato com o mar.


Leia também